Os mortos recebem mais flores que os vivos, porque o remorso é mais forte que a gratidão.

O Diário de Anne Frank. 

Ok, não é pra tanto, mas você me conhece, eu exagero até nas vírgulas.

Soulstripper.  

Os seus problemas você deve esquecer, isso é viver, é aprender.

Hakuna Matata.

Onde é que você gostaria de estar agora, nesse exato momento? E então? Somando os prós e os contras, as boas e más opções, onde, afinal, é o melhor lugar do mundo? Meu palpite: Dentro de um abraço.

Martha Medeiros.

As vezes tarde demais, é a hora certa.

Eu me chamo Antônio

Daria tudo pra poder lhe observar dormir. Daria tudo pra ter seu cheiro impregnado em minhas roupas. Daria tudo pra poder sussurrar um “eu te amo” no seu ouvido e dar um beijo bem de lento e leve na sua testa enquanto você dorme. É, meu amor, daria tudo pra poder te ter agora, depois, pra sempre.

Desconhecido

Quantas vezes eu não senti vontade de sair do corpo e encarnar um objeto sem vida. Um lápis talvez, ou qualquer coisa inanimada, silenciosa, parada, sem vida. Pois era assim que eu me sentia. Mas passou. Eu chorei, as lágrimas acabaram, tudo acabou. Meus olhos secaram, e eu descobri a inutilidade de chorar por coisas que não valiam à pena. A dor é igual um barco que você observa da praia, parece que está parado, você se distrai com outra coisa, e quando vai ver o barco está longe. Se você estava sentindo uma dor quando começou a ler isso, agora ela é menor do que antes. É difícil de acreditar quando se está mal, tudo vira dúvida, mas eu entendo. Você pode não saber, mas supera. Sua cama parece o melhor lugar, então deite, durma, esqueça. Ou não esqueça, mas deite e coloque sua música predileta no fone, escute e ignore um pouco essa sua vontade de sair por ai, gritando aos sete ventos metade das coisas que sente. Não é errado não saber tudo, só não se esqueça de saber o essencial, que é esquecer. Tudo passa, e não são só os momentos perfeitos. Por mais que a dor te lembre e te incomode, ela nunca diz a verdade completa… Ela nunca diz que vai passar.

Se quiser ir, que vá. Só não me venha com essa conversa decorada me dizendo que qualquer dia a gente vai se encontrar em uma dessas curvas da vida, até porque, eu jamais irei te visitar na esquina do arrependimento. E se eu for, irei muito bem acompanhado.

— Quem não procura, não sente falta.
— Engano seu. A saudade é grande, mas o orgulho é ainda maior.

O amor é frágil. E nem sempre cuidamos dele muito bem. A gente se vira e faz o melhor que pode, e torcemos para que esta coisa frágil, sobreviva apesar de tudo.

A Última Música.  
mists